9.1.09

Em dois mil inove...

Não sou muito apegado às datas ou, melhor, aos simbolismos das datas. Mas, é impossível, não ser movido pelo espírito de passagem e mudança que surge com o início de um novo calendário.

O DeBalcão surgiu da minha necessidade de escrever e de ter um espaço para isso, percebi - analisando o ano que terminou - que o espaço não basta, não consegui escrever o quanto gostaria.

Os blogs nasceram como diários virtuais, disponibilizados na rede para o mundo, hoje já são veículos de notícia e portais, alguns permanecem como a página de uma pessoa, seja ela conhecida ou não. A popularização da internet e a facilidade em se criar um blog fizeram com que estes "diários" se tornassem vebre e alguns já estão entre as páginas mais acessadas na internet.

O Balcão tem a linha livre que um blog permite, é sobretudo meu diário, meu modo de ver e interpretar o mundo, claro, tendo como base os critérios jornalísticos que apreendo com o tempo, considerando a ética e o respeito ao público. Por isso, às vezes, tenho que implorar por desculpas por ter deixado de atualizá-lo (mesmo que ninguém o leia). O DeBalcão, como já disse, nasceu como um compromisso meu comigo mesmo.

Aproveito para avisar que não sairei copiando o que vejo por aí só porque quero atualizar o blog, e de antemão, estou na reta final do meu curso de Jornalismo, entre leituras e redação da monografia, espero manter a dinâmica que o tempo (esse carrasco!) impõe ao mundo virtual da internet.
.

Nenhum comentário: